Notícia

108 entidades são certificadas no PCGF

terça, 31 de dezembro de 2019
Programa de Certificação em Gestão Faciap entregou selos de ouro, prata e bronze

O número de coordenadorias e associações comerciais paranaenses que aderiram ao desafio do Programa de Certificação em Gestão da Faciap (PCGF) aumentou. Enquanto no ano passado, foram 89 entidades ao todo, em 2019, 97 associações comerciais e 11 coordenadorias, um total de 108 entidades, passaram pelo programa. E o resultado do trabalho realizado pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) junto com o Sebrae/PR foi comemorado no último dia 11 pelos consultores, executivos e diretorias das entidades na entrega das certificações, com auditório lotado por 400 pessoas de todas as regiões do Paraná.

O aumento na adesão chama a atenção, segundo o superintendente da Faciap, Márcio Vieira. “As entidades estão entendendo cada vez mais a importância de padronizar processos e modernizar a administração para crescer e, assim, mudar a realidade de seu território”, diz ele. 

O objetivo do programa é alavancar o desempenho organizacional das entidades, melhorar processos e implantar ferramentas de boas práticas de gestão. Foram entregues placas de ouro a 45 entidades. Já de prata, foram 44 e de bronze, 19. O reconhecimento varia segundo os resultados obtidos na melhoria de processos e implantação de ferramentas de boas práticas de gestão. 

Foram trabalhados conceitos nas áreas de pessoas, processos internos, finanças, atendimento ao cliente, cultura associativa, desenvolvimento local e serviços. Ao longo do programa, as coordenadorias e associações foram pontuadas segundo o desempenho alcançado. A entrega das premiações foi no auditório do Sebrae/PR, em Curitiba.

“O Sebrae aposta nas associações e coordenadorias junto com a Faciap por acreditar que elas são fundamentais para qualquer mudança concreta que queiramos para o Paraná. E a capilaridade da Faciap, com seus associados, é fundamental para isso”, afirmou o diretor de operações do Sebrae/PR, Júlio César Agostini.

De acordo com o presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa, a intenção é fortalecer cada vez mais as associações comerciais, principalmente as menores. "Essas entidades tem força nas cidades em que estão, ainda que não tenham uma grande estrutura. É o único porto seguro do setor produtivo daquela região. Por isso, elas precisam ser fortalecidas, inclusive financeiramente".

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa